Concessionária é fechada por falta de alvará no Jardim Europa

Agentes da subprefeitura colocam blocos de concreto em frente à entrada das lojas, que já receberam multa

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

31 de agosto de 2007 | 13h34

Concessionárias da Avenida Europa, região nobre de São Paulo, na zona sul, foram fechadas na manhã desta sexta-feira, 31, em uma operação da Subprefeitura de Pinheiros. Os estabelecimentos foram lacrados e blocos de concreto foram colocados nas fachadas. De acordo com a subprefeitura, os estabelecimentos têm problemas de alvarás com a Prefeitura. Além da concessionária, foram lacrados uma agência bancária no Brooklin e seis estabelecimentos comerciais que também ficam na Avenida Europa. Agentes da subprefeitura tinham ordem para interditar duas concessionárias de veículos, uma de motos, duas lojas de móveis e uma galeria de obras de arte. Todos os estabelecimentos já foram intimados e multados por duas vezes.  Em 2006, a Prefeitura iniciou uma fiscalização para verificar a situação de todos os estabelecimentos da Avenida Europa. Desde outubro do ano passado, uma concessionária da Ferrari, uma da Citröen e outra da Land Rover já foram lacradas por não terem licença para funcionar. No entanto, permaneceram abertas por força de liminares judiciais. Além disso, uma loja de móveis e um Pet Shop também foram fechados e continuam interditados.

Tudo o que sabemos sobre:
falta de alvarálojas lacradas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.