Concessionária diz que investe em segurança

A Gru Airport, concessionária responsável por Cumbica, afirmou que tem investido em segurança desde que assumiu o controle do aeroporto, em junho de 2012. São mais de 600 câmeras e 600 profissionais de segurança.

O Estado de S.Paulo

06 Março 2013 | 02h08

A Gru disse que foram criados 19 postos de vigilância, cinco deles segways (biciclos motorizados). Doze bicicletas fazem a ronda externa nos terminais e estacionamentos. Segundo o gerente de Comunicação Externa da concessionária, Nicolau Maranini, a intenção é acabar com os pontos cegos e aumentar a segurança até o próximo ano. Ele ressaltou também a melhoria na iluminação do aeroporto.

A Swissport, empresa onde trabalham os suspeitos, disse ontem que tem mais de 33 mil funcionários, está presente em 38 países e repudia todo e qualquer ato criminoso. A companhia afirmou também que cooperou com as investigações e que os funcionários serão demitidos por justa causa, assim que forem liberados pela polícia. / W.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.