Companhia e subprefeitura dividirão manutenção e limpeza

O pátio de estacionamento e manobra dos trens da Linha 17 será construído sobre o Piscinão do Jabaquara, que hoje é a céu aberto. Segundo o projeto básico da obra, o local terá dois níveis - um para reparos e outro de "garagem" das composições - e capacidade para 27 trens.

O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2013 | 02h04

O decreto de Haddad determina que a limpeza e a manutenção do reservatório "serão compartilhadas entre o Metrô e a Subprefeitura de Santo Amaro". Além disso, o Metrô deverá observar que, na obra, haja "pé direito mínimo para acesso de caminhões e equipamentos pesados, de forma a viabilizar a limpeza e o desassoreamento" do piscinão.

Em audiências públicas realizadas em 2010, o departamento de gestão ambiental do Metrô informou a moradores da região que, como compensação à intervenção na área de lazer existente no Piscinão do Jabaquara, "são propostas e premissas dos projetos a serem desenvolvidos a realocação das quadras e pista de skate para a área do Parque do Chuvisco", que está sendo construído no bairro do Campo Belo, na zona sul.

A empresa também se manifestou a respeito da vegetação do local. "Quanto à área verde existente, esta será preservada ao máximo e terá sua área expandida por meio de paisagismo." Ontem, escavadeiras já eram vistas estacionadas nas quadras do piscinão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.