Companhia e subprefeitura dividirão manutenção e limpeza

O pátio de estacionamento e manobra dos trens da Linha 17 será construído sobre o Piscinão do Jabaquara, que hoje é a céu aberto. Segundo o projeto básico da obra, o local terá dois níveis - um para reparos e outro de "garagem" das composições - e capacidade para 27 trens.

O Estado de S.Paulo

10 Junho 2013 | 02h04

O decreto de Haddad determina que a limpeza e a manutenção do reservatório "serão compartilhadas entre o Metrô e a Subprefeitura de Santo Amaro". Além disso, o Metrô deverá observar que, na obra, haja "pé direito mínimo para acesso de caminhões e equipamentos pesados, de forma a viabilizar a limpeza e o desassoreamento" do piscinão.

Em audiências públicas realizadas em 2010, o departamento de gestão ambiental do Metrô informou a moradores da região que, como compensação à intervenção na área de lazer existente no Piscinão do Jabaquara, "são propostas e premissas dos projetos a serem desenvolvidos a realocação das quadras e pista de skate para a área do Parque do Chuvisco", que está sendo construído no bairro do Campo Belo, na zona sul.

A empresa também se manifestou a respeito da vegetação do local. "Quanto à área verde existente, esta será preservada ao máximo e terá sua área expandida por meio de paisagismo." Ontem, escavadeiras já eram vistas estacionadas nas quadras do piscinão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.