Como é o processo de excomunhão

1. Aplicação

O Estado de S.Paulo

30 Abril 2013 | 02h02

Vale para apostasia, heresia, cisma, aborto, violação da confissão e profanação

2. Restrições

Com o início do processo, o padre não pode celebrar e receber sacramentos.

3. Próximos passos

O religioso enfrentará agora um processo sigiloso de demissão do estado clerical.

4. Vaticano

O processo precisa seguir para o Vaticano, a quem cabe a palavra final.

5. Arrependimento

Se o padre demonstrar arrependimento, a Igreja poderá retirar a excomunhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.