Comerciantes protestam na Linha 11-Coral da CPTM

Grupo da Feirinha da Madrugada invadiu trilhos e atirou pedaços de madeira incendiados entre Brás e Luz; circulação foi interrompida

Diego Moura, O Estado de S. Paulo

22 Abril 2015 | 15h00

SÃO PAULO - Um grupo de cerca de 20 comerciantes da Feirinha da Madrugada invadiu os trilhos da Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanas (CPTM) entre as Estações Brás e Luz, na região central da capital paulista, no início da tarde desta quarta-feira, 22.

De acordo com a CPTM, por volta das 13h, os manifestantes pularam o muro e atiraram pedaços de madeira incendiados na via. A circulação dos trens ficou com velocidade reduzida por 20 minutos e completamente bloqueada por dez minutos, enquanto a segurança da companhia retirava os comerciantes.

Os trens já circulam normalmente por todo o ramal. 

Problemas. Os passageiros também enfrentaram problemas na Linha 9-Esmeralda na manhã desta quarta-feira. Por causa de uma "ocorrência técnica em composição", segundo a CPTM, os trens circularam com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as Estações Grajaú e Jurubatuba durante o horário de pico.

Mais conteúdo sobre:
CPTM Feirinha da Madrugada São Paulo Brás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.