Comerciante vai atrás de bandidos e é morto

CRIMINALIDADE

, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2011 | 00h00

O comerciante Daniel Antunes Abdul Hadi, de 21 anos, foi morto na noite de terça-feira após correr atrás de dois bandidos que atiraram em seu pai, Maxur Abdul Hadi, de 51, em tentativa de assalto no Jaraguá, zona oeste de São Paulo. Os criminosos decidiram fugir sem roubar nada depois de balearem o braço esquerdo de Maxur, que caiu ensanguentado. Daniel, então, resolveu correr atrás dos dois e acabou levando o tiro na barriga que o matou. O pai sobreviveu e a polícia não tem pistas dos bandidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.