Comerciante é preso por posse dos explosivos roubados em SP

Carga de 2,5 toneladas de explosivos foi roubada na Rodovia Fernão Dias no dia 31 de agosto; parte dos artefatos já tinha sido encontrado na zona leste

Priscila Trindade, estadão.com.br

16 de setembro de 2010 | 19h34

SÃO PAULO - Um comerciante de 32 anos foi preso nesta quinta-feira, 16, suspeito de armazenar explosivos roubados na zona leste de São Paulo.

 

A carga de 2,5 toneladas de explosivos foi roubada na Rodovia Fernão Dias, na região do Jaçanã, na zona norte da capital, no dia 31 de agosto. No dia 9, um furgão foi interceptado carregado 1,5 tonelada do material. O restante do material foi encontrado hoje em dois locais.

 

Parte dos explosivos foi recuperado em um veículo estacionado na estrada Fazendo do Carmo, Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo. Depois dessa descoberta, os policiais encontraram mais dinamite em uma loja de venda peças automotivas, na rua Taubaté, na Vila Carrão, também na zona leste.

 

A polícia tenta localizar outros envolvidos no crime. Os peritos ainda não divulgaram a quantidade de dinamite e artefatos encontrados na loja. O comerciante foi autuado por receptação e posse de explosivos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.