Comerciante é morto em churrascaria supostamente pelo ex-sócio na Lapa

Segundo informações fornecidas à polícia, havia desavenças comerciais entre vítima e assassino

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

07 Agosto 2012 | 05h58

SÃO PAULO - O comerciante Avelino Fantim, de 61 anos, dono da Churrascaria Central Park, localizada na Avenida Ermano Marchetti, 569, na Lapa, zona oeste a capital paulista, foi morto com três tiros, por volta das 18 horas de segunda-feira, 6, dentro do próprio estabelecimento.

 

O autor do homicídio, segundo testemunhas, seria Jaime Grokt, de 34 anos, que, segundo informações fornecidas à polícia, já foi sócio da vítima, com a qual tinha algumas desavenças comerciais. Mesmo encaminhado por policiais militares ao pronto-socorro da Lapa, Avelino não resistiu aos ferimentos e morreu. O assassino continua foragido.

 

O caso foi registrado no 7º Distrito Policial, da Lapa, pelo delegado Paulo Willian Oliveira Bittencourt.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.