Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Comerciante e empresária são mortos em assalto no Brooklin, zona sul de SP

Casal estava numa moto e voltava de Mongaguá; ataque ocorreu na Avenida dos Bandeirantes

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

30 Novembro 2012 | 01h25

SÃO PAULO - O comerciante Rafael Jesus Fulaz, de 31 anos, e a esposa dele, Sibele Carla Pedroso, de 36 anos, proprietária de uma corretora de imóveis, foram mortos em uma tentativa de assalto, por volta das 21 horas de quinta-feira, 29, na pista sentido Marginal da Avenida dos Bandeirantes junto à Rua Ribeiro do Vale, região do Brooklin, área nobre da zona sul da capital paulista.

 

Ocupando uma moto Honda Fireblade Repsol, comprada um dia antes, o casal voltava de Mongaguá, litoral paulista, e seguia para Itu, no interior, quando, em um semáforo, foi abordado por dois homens, também numa moto. A dupla anunciou o assalto. Rafael acelerou para escapar dos bandidos e foi baleado pelo garupa. Como não sabia acessar a Rodovia Castello Branco, uma jovem de 19 anos, acompanhada da irmã, de 5 anos, ambas filhas apenas de Sibele, só percebeu o que havia ocorrido ao passar ao lado da moto e ver a mãe e o padrasto caídos. A jovem estava a uma distância de pelo menos quatro carros.

 

Baleado, o comerciante perdeu o controle da moto e bateu contra um Toyota Fielder blindado. Os bandidos, segundo uma testemunha, se aproximaram novamente das vítimas. O garupa então desceu da moto e atirou desta vez contra Rafael e Sibele. O Toyota também foi atingido. Os assaltantes, ambos de capacete, deixaram o local sem levar nada; já as vítimas morreram antes da chegada dos bombeiros. Segundo a polícia, Sibele morava em Mongaguá e Rafael em Itu.

 

O caso foi registrado no 27º Distrito Policial, do Campo Belo, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.