Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Comemorando 50 anos de história, Mocidade Alegre desfila banhada de dourado

Os tradicionais verde, vermelho e branco abriram espaço para o dourado em comemoração ao jubileu de ouro; alas contaram com a participação de crianças

Juliana Diógenes, O Estado de S.Paulo

25 Fevereiro 2017 | 01h01

SÃO PAULO - Segunda escola de samba a entrar no sambódromo do Anhembi, em São Paulo, o desfile da Mocidade Alegre foi um banho de dourado. A cor ouro tem uma razão: o grupo faz uma homegagem aos 50 anos da própria história, fundada em 24 de setembro de 1967. Em 2017, a escola comemora o seu Jubileu de Ouro. Vestidos de verde e vermelho, os homens e as mulheres da bateria da escola fizeram uma alusão a São Jorge.

O desfile teve uma ala com bobos da corte e palhaços que seguravam balões verde e vermelho, com um carro alegórico que teve a participação de crianças. Outro carro destacou símbolos de origem africana. A escola chega ao desfile de 2017 com o enredo A vitória vem da luta. A luta vem da força. E a força...da união!, e canta no refrão do seu samba-enredo: Tem que ter coragem para vencer / Renascer e como o sol brilhar / De peito aberto eu vou.../ Seja o que Deus quiser / A minha força vem da fé.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.