Começa obra na Ayrton Senna para desafogar bairro

Desde a década de 1990, moradores do bairro dos Pimentas, um dos mais populosos de Guarulhos, reclamam que a falta de acessos na Rodovia Ayrton Senna, que corta a região, atrapalha o desenvolvimento de todo o local. Um suposto erro de planejamento da via causa trânsito nas ruas do bairro, além de aumentar a ocorrência de crimes.

O Estado de S.Paulo

15 Março 2012 | 03h03

A solução, no entanto, começar a sair do papel dia 20. A Ecopistas, empresa que administra o corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, iniciará obras para diminuir os congestionamentos e melhorar o tráfego local dos moradores. O projeto, que custará R$ 44,6 milhões e deve ficar pronto em um ano, prevê pista marginal entre os km 24,8 e 26, e viaduto para os moradores passarem ao outro lado sem entrar na rodovia. No futuro, a Ecovias quer criar faixas adicionais entre os km 45 56. Também deve ser construída uma avenida para ligar a zona leste da capital ao Aeroporto de Cumbica. / RODRIGO BRANCATELLI

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.