Começa júri de acusado de matar cunhada em 2011

Bianca Consuli, de 19 anos, foi morta por estrangulamento; advogado diz que Sandro Dota é inocente

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

23 de julho de 2013 | 16h14

SÃO PAULO - Começou na tarde desta terça-feira, 23, no Tribunal do Júri do Fórum Criminal da Barra Funda, em São Paulo, o julgamento do motoboy Sandro Dota, acusado de matar sua cunhada, a universitária Bianca Consuli, de 19 anos, por estrangulamento em 2011. A mãe encontrou o corpo de Bianca em sua casa, na zona leste, com um saco na boca e lesões. Segundo a promotoria, a jovem teria sido estuprada e asfixiada em 13 de dezembro de 2011. O acusado está preso preventivamente e alega inocência.

 "Uma perícia no processo mostra que ele não cometeu estupro. Dota é inocente", disse Ricardo Martins, advogado de defesa. A previsão é que o julgamento dure três dias.

A mãe da vítima, Marta Maria Ribeiro Consoli, entrou no fórum por volta das 12 horas, acompanhada de pessoas com cartazes e camisetas pedindo Justiça. Ela se declarou muito emocionada e diz que não dorme há vários dias. Desde que a filho morreu, ela já assistiu a nove júris.

"Espero desse julgamento pena máxima. Desde o dia que foi marcado o júri eu não consegui mais dormir. Essa noite eu não dormi. Antes de ontem eu não consegui dormir. Ele (réu) sabe o que ele fez", disse a mãe.

A irmã da vítima, Daiana Ribeiro Consoli, vai participar do julgamento como testemunha. Ela foi casada com o réu por quase três anos e diz ter certeza da sua condenação. "O exame de DNA não tem como mentir. Ele (Dota) vai morrer negando que foi ele. Ele é um psicopata e acredita na mentira dele", afirmou.

Além de testemunhas, a Promotoria usa um laudo de exame de DNA que aponta Dota como autor do crime. O material foi obtido de pedaços de peles coletados sob as unhas da vítima. Uma mancha de sangue encontrada em uma calça do acusado também foi identificada como sendo do réu, mas, segundo a defesa, ocorreu por causa de um machucado na perna.

Tudo o que sabemos sobre:
Sandro DotaBianca Consuli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.