Começa a valer multa de 10% para voo cancelado

A multa máxima de 10% por cancelamento ou remarcação de passagens aéreas começou a valer ontem, com a publicação da sentença da Justiça que determinou a redução da taxa cobrada pelas empresas TAM, Gol, Cruiser, TAF e Total. Caso o pedido de cancelamento ou de remarcação seja feito em até 15 dias antes da viagem, a taxa máxima permitida é de 5%. A TAM vai recorrer da decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.