Começa a temporada de descontos de inverno

Ontem pela manhã, a economista Eliana Poleti, de 36 anos, levou os dois filhos, Miguel, de 1 ano, e Sofia, de 3, ao Shopping Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. O objetivo era dar uma volta com as crianças. Chegando lá, percebeu que algumas lojas estavam em liquidação. "Nem sabia. Vou aproveitar para ver se tem algo que interessa com bom preço ", disse ela, animada com as ofertas de inverno.

Valéria França, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2011 | 00h00

Terça-feira entrou a estação mais fria do ano. Cinco dias antes, 44 das 435 lojas do Ibirapuera anunciavam em suas vitrines descontos atrativos. A loja de roupa infantil Chicco, por exemplo, oferecia até 40%, e a Via Uno, de acessórios e sapatos, até 50%. Nessa última loja, quem entra fica sabendo pela vendedora que apenas duas botas da loja estão pela metade do preço. A maioria das peças tem desconto de 10% e 30%.

Na capital, há lojas com ofertas ainda mais tentadoras, como a da concorrente Arezzo, que oferece até 70% de desconto em suas 27 unidades. Na loja do Shopping Ibirapuera havia três produtos com preços imperdíveis. Entre eles, uma sandália de inverno que baixou de R$ 219, 90 para R$ 69,90. Os modelos em promoção variam de acordo com a loja da Arezzo.

As dez lojas paulistas da Le Lis Blanc oferecem roupas e acessórios pela metade do preço. Independentemente da marca, o consumidor precisa garimpar. Como a temporada de liquidação apenas começou, os estoques ainda estão cheios e a maior parte dos descontos é pequena.

A proporção costuma se inverter no fim da estação. "Estou esperando a Alô Bebê entrar em liquidação", diz Ercília Cury, funcionária pública, de 44 anos. "No fim da liquidação, compro roupa para minha filha um número maior que ela vai usar no inverno de 2012."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.