Combate ao crack terá R$ 140 mi de ministério

SAÚDE

, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2010 | 00h00

Foram lançados ontem editais para que as prefeituras criem 6.120 leitos na rede pública de saúde para tratamento de usuários de crack e outras drogas. O pacote prevê a liberação de mais de R$ 140 milhões, provenientes do Ministério da Saúde e da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. A iniciativa faz parte do Plano de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas. As prefeituras já podem apresentar os projetos e, segundo o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o governo federal arcará com o custo das internações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.