Comandante -geral da PM de SP deixa o cargo

Coronel Álvaro Batista Camilo pediu exoneração do cargo nesta segunda-feira

Marcelo Godoy - O Estado de S.Paulo,

02 Abril 2012 | 14h43

SÃO PAULO - O Comandante-geral da Polícia Militar de São Paulo, Álvaro Camilo, entregou nesta segunda-feira o pedido de exoneração do cargo.

 Ainda não há um substituto, mas o subcomandante deve assumir interinamente o cargo.

O coronel Álvaro Batista Camilo havia sido nomeado durante o governo de José Serra e tomou posse em 15 de abril de 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.