Comandante da PM será enterrado nesta manhã no Morumbi

Velado no Hospital Militar, corpo vai sair em cortejo; Rodrigues investigava a participação de PMs em chacinas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

17 de janeiro de 2008 | 09h34

O corpo do comandante da polícia militar, coronel José Hermínio Rodrigues, de 48 anos, será enterrado às 10 horas desta quinta-feira, 17, no cemitério Gethsemani, no Morumbi. Rodrigues foi assassinado com cinco tiros na manhã de quarta-feira, quando andava de bicicleta na Avenida Engenheiro Caetano Álvares, na zona norte de São Paulo. Após assassinato de PM, chacina deixa 7 mortos na zona norteComandante da PM é assassinado na zona norteCoronel disse que corria risco Polícia caça pela zona norte assassino de coronel da PM ''Para ele, certo era certo e errado era errado'', diz amigo de PM assassinado     Até às 9 horas desta quinta, o corpo do coronel foi velado no Hospital Militar, no Barro Branco, também na zona norte da capital. De lá, o corpo sairia em cortejo em direção ao cemitério, que fica na zona sul de São Paulo.  O coronel José Hermínio Rodrigues era comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitano 3. Ele estava de férias e andava de bicicleta quando foi abordado por um homem que chegou ao local de moto. O atirador usou as duas mãos para empunhar a arma e fazer mira. Segundo testemunhas, a ação foi rápida e o criminoso vestia um coturno preto de cano curto. Rodrigues era responsável pela investigação da participação de PMs em chacinas na zona norte de São Paulo e, quase 16 horas após o crime, sete pessoas morreram na primeira chacina do ano na capital. O grupo estava em um bar no Jardim São Luís e duas pessoas ficaram gravemente feridas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.