Com trem da CPTM parado, Metrô faz esquema de emergência

Catracas das estações Itaquera e Tatuapé são liberadas para que passageiros não precisem pagar de novo

Solange Spigliatti, estadao.com.br

21 de maio de 2008 | 09h28

Para atender aos passageiros da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que ficaram sem transporte na manhã desta quarta-feira, 21, na região leste da cidade, o Metrô liberou as catracas das estações Itaquera e Tatuapé. A mesma medida foi tomada pela CPTM, para que os passageiros possam entrar sem pagar passagem.   Veja também: Fotos do sofrimento dos passageiros Passageiros abandonam trem da CPTM após falha Situação começa a se normalizar no Expresso Leste, diz CPTM   O problema na tração da composição da CPTM aconteceu entre as estações Brás e Tatuapé, na Linha 11 (Coral - Expresso Leste), deixando parada a circulação dos trens. De acordo com a SPTrans, a CPTM ainda não solicitou o Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese), adotado para auxiliar o transporte dos passageiros com o aumento de ônibus circulando nas regiões afetadas.

Tudo o que sabemos sobre:
defeitoCPTMMetrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.