Com prisão revogada, Mizael Bispo volta ao trabalho em Guarulhos

Segundo advogado, o acusado retomou as atividades e não esteve foragido em momento algum

Gabriel Vituri, do estadão.com.br

15 de julho de 2010 | 16h36

SÃO PAULO - O advogado Ivon Ribeiro, que defende Mizael Bispo dos Santos, ex-namorado de Mércia Nakashima e principal suspeito do assassinato da advogada, afirmou ao estadão.com.br nesta quinta-feira, 15, que seu cliente não saiu de Guarulhos desde sábado, quando foi decretada a prisão temporária de Mizael. Segundo ele, o acusado retomou as atividades e não esteve foragido em momento algum; "Isso é apenas mais uma das inverdades que estão dizendo por aí".

 

Veja também:

link Polícia adia entrega de inquérito do caso Mércia

link Juiz revoga prisão de Mizael, mas indiciamento permanece

link Vigia nega ter recebido dinheiro para participar do assassinato de Mércia

video Assista a trecho de depoimento do vigia

 

Na próxima terça-feira, Mizael deve comparecer ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar depoimento mais uma vez. Sobre os próximos passos da defesa, Ribeiro disse que todas as solicitações do Judiciário continuarão a ser atendidas, "como estávamos fazendo desde o início", ressaltou.

 

Segundo o advogado, Mizael continua muito tranquilo. "Ele é o maior interessado na apuração dos fatos", disse. Apesar de ter sido indiciado por homicídio triplamente qualificado e por ocultação de cadáver, Ivon Ribeiro considera um ato normal do processo. "Se esse é o entendimento do delegado, eu espero que ele tenha meios pra sustentar a acusação lá na frente", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.