Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Com previsão de pancadas de chuva em SP, risco de transbordamentos e deslizamentos permanece

Formação de alagamentos intransitáveis e deslizamentos de terra em áreas de risco também são esperados

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2019 | 15h10
Atualizado 11 de março de 2019 | 17h49

Após as fortes chuvas que deixaram pelo menos 12 mortos e seis feridos, a previsão do tempo para os próximos dias é de pancadas de chuva com possibilidade de momentos de forte intensidade na capital paulista, o que, segundo o  Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE), mantém São Paulo em alerta para o risco de transbordamentos de rios e córregos, deslizamentos de terra em áreas de risco e alagamentos intransitáveis. 

O Climatempo informou que as áreas de instabilidade permanecem, mas sem risco de temporal. Entre domingo, 10, e esta segunda-feira, 11, foram cerca de 9 horas de chuva forte na Grande São Paulo, o que afetou principalmente os bairros das zonas sul, centro e leste da capital paulista. Os municípios da Grande ABC também foram atingidos. 

Segundo o CGE, nesta terça-feira, 12, as pancadas de chuva devem ocorrer principalmente no fim da tarde com a elevação das temperaturas a partir desta terça. O sol virá entre nuvens pela manhã com sensação de tempo abafado, com previsão de mínima de 18ºC e máxima de 27ºC. 

O CGE informou que o risco de transbordamento de rios e córregos permanece, bem como a formação de alagamentos intransitáveis e deslizamentos de terra em áreas de risco. Para quarta-feira, 13, a previsão é semelhante. Os termômetros devem marcar 19ºC e o dia deve amanhecer nublado. As chuvas previstas podem ocorrer entre o meio da tarde e o início da noite, com pancadas de forte intensidade. 

Frentes frias

Segundo a Climatempo, mais duas frentes frias vão passar pelo litoral de São Paulo até o dia 20 de março e os temporais deverão ser frequentes até o fim do verão. Na segunda quinzena do mês, ainda devem ocorrer pancadas de chuvas, mas com menor frequência e menos intensidade.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.