Com paralisação da CPTM, rodízio é suspenso e multas serão canceladas

CET decidiu anular autuações aplicadas nesta quinta-feira

O Estado de S. Paulo

13 Junho 2013 | 09h35

SÃO PAULO - O rodízio no pico da tarde desta quinta-feira, 13, foi suspenso, informou a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) por meio de nota. Isso por causa da greve de parte dos funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Ainda segundo o órgão, as multas aplicadas por desobediência ao rodízio no período da manhã serão suspensas.

Se a paralisação na CPTM for mantida na sexta-feira, 14, a CET manterá a suspensão do rodízio municipal de veículos neste dia também.

Na manhã desta quinta-feira, o trânsito ficou acima da média na capital paulista. Às 8h, os motoristas enfretaram 79 km de filas. A Marginal do Pinheiros, no sentido Rodovia Castello Branco, era a pior via, com 7,6 km de congestionamento.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.