Com neblina, Cumbica e Congonhas operam por instrumentos

Vôo que pousaria em Cumbica foi desviado para Viracopos; três vôos estão atrasados nos terminais

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

28 de agosto de 2008 | 08h44

A forte neblina que atingiu a região de Guarulhos, na Grande São Paulo, e na capital, nesta quinta-feira, 28, prejudicou as operações dos aeroportos de Cumbica e Congonhas. Um vôo teve que ser alternado e foi desviado para Viracopos, em Campinas. Em Cumbica, as operações de pousos e decolagens eram feitas com auxílio de instrumentos desde a madrugada, segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). No começo da manhã, a nebulosidade ficou mais forte e um vôo internacional, vindo de Lima, no Peru, foi alternado para o aeroporto de Viracopos. De acordo com a Infraero, o pouso deveria ocorrer às 4h40, em Guarulhos.  Do total de 17 decolagens previstas para até as 7 horas desta quinta em Cumbica, dois registraram atrasos de mais de meia hora e dois foram cancelados. No Aeroporto de Congonhas não havia registro de atrasos e um vôo estava cancelado, de um total de 21 vôos.

Tudo o que sabemos sobre:
neblinaCongonhasCumbica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.