Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE

Com luzes, bar e DJ, ônibus vira balada

Importada dos EUA, festa motorizada custa R$ 750 por hora. Cliente define o trajeto

Lais Cattassini, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2010 | 00h00

Em vez da casa noturna, um ônibus convertido em balada móvel. O Party Bus, ou ônibus de festa, surgiu como opção para quem quer comemorar aniversários e datas especiais fora dos locais mais badalados - e fixos. Com um porém: a capacidade máxima é de 40 convidados.

Maurício Somlo, dono da Bus Party, empresa que realiza o serviço em São Paulo, diz que a festa motorizada já é bastante conhecida pelos americanos - que até usam limusines nas baladas móveis. "É um conceito bem difundido nos Estados Unidos e em São Paulo há espaço para isso."

O bancário Luis Fernando Salles, de 49 anos, escolheu a festa de ônibus como uma surpresa para o aniversário de 15 anos da filha, Giovana. "Queria uma coisa diferente. Achei curioso e todos que convidei também acharam bacana."

Customizado. Somlo tem apenas um ônibus, que foi completamente adaptado para simular uma casa noturna. Os bancos foram retirados e o teto, aumentado. O veículo recebeu ainda sofás, jogo de luzes, sistema de som, bar e espaço para DJ. "É possível fazer festas temáticas ou até um "esquenta" para balada."

O roteiro, percorrido em velocidade entre 30 e 40 quilômetros por hora, é feito de acordo com a vontade do cliente. É possível passar por pontos turísticos da cidade ou até parar em bares e casas noturnas.

O espaço é alugado por hora. O preço durante a semana é de R$ 750 a hora, com aluguel mínimo de 2 horas. Nos fins de semana e feriados, o preço aumenta para R$ 950 e o tempo mínimo do aluguel é de 3 horas.

As reservas podem ser feitas pelo telefone (11) 6377-8128 ou pelo e-mail contato@busparty.com.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.