Com liberação dos créditos de 2010, site da Nota Fiscal Paulista fica lento

A Secretaria Estadual da Fazenda liberou nesta terça-feira, 19, os créditos gerados pelo programa Nota Fiscal Paulista. O contribuinte que pretende resgatar seus créditos, no entanto, enfrenta dificuldades. O site está lento e o internauta se depara com erros que impedem o acesso ao sistema.

Daniel Fernandes, Jornal da Tarde

19 de abril de 2011 | 11h54

A própria Secretaria já colocou um aviso no site em que o contribuinte acessa para administrar seus créditos. A mensagem é a seguinte:

“Os créditos do segundo semestre de 2010 encontram-se liberados, e em função do elevado número de acessos ao site da Nota Fiscal Paulista, o sistema poderá apresentar lentidão no uso de suas funcionalidades.

A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo agradece sua participação e conta com sua compreensão”. Atualmente, 10 milhões de consumidores estão cadastrados no programa, que resulta em crédito em dinheiro toda vez que o contribuinte pede a nota fiscal na compra de um produto ou serviço.

Os contribuintes já cadastrados no programa, desde a terça-feira, já podem resgatar seus créditos. O consumidor pode decidir por transferir o dinheiro para sua conta corrente ou então usá-lo para abatir o valor do IPVA do ano que vem. Os contribuintes, mensalmente, ainda concorrem a prêmios em sorteios. De acordo com a Secretaria da Fazenda, já foram distribuídos R$ 17 milhões em prêmios, valor abocanhado por cerca de 1,5 milhão de pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.