Com incêndio no Metrô, ônibus são liberados até o centro de SP

Metrô afirma que circulação voltou ao normal às 8h15, mas passageiros enfrentam estações lotadas e atrasos

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

23 de setembro de 2009 | 09h42

Com os atrasos provocados por um princípio de incêndio em um vagão da Linha 1-Azul do Metrô, ônibus que fazem a integração com estações do Metrô foram liberados para fazer viagens até o centro de São Paulo na manhã desta quarta-feira, 23. Os ônibus também seguem até a Estação Santana, também na Linha 1. A assessoria do Metrô afirma que a circulação voltou ao normal às 8h15, mas pelo menos até às 9 horas passageiros enfrentavam dificuldades para conseguir embarcar nas estações da Linha 1 e na Estação Sé, que faz a interligação entre as linhas Azul e Vermelha.

 

Veja também:

linkFogo foi causado por problema elétrico, informa Metrô

 

O problema começou quando um vagão teve um princípio de incêndio no começo da manhã. O incêndio aconteceu em um trem que estava na altura da Estação Sé. Por causa do acidente, a circulação ficou interrompida entre 6h37 e 6h50. Apesar do problema ter acontecido na Linha 1, usuários da Estação Sé também enfrentam problemas para fazer a transferência para a Linha 3-Vermelha.

 

Por causa dos atrasos no Metrô, a SPTrans liberou ônibus das linhas que fazem a integração para seguirem até os terminais do centro da capital e até a Estação Santana. Passageiros que optaram por usar os ônibus nesta manhã enfrentam longas filas e ônibus lotados em direção ao centro da capital. No terminal Santana e Carandiru os ônibus estão lotados, segundo a SPTrans.

Mais conteúdo sobre:
Metrô de SPfogo no Metrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.