Com fim do serviço, contrapartida passa a ser em dinheiro

Consequência direta do fim dos contratos de plantio é a alta registrada no caixa do Fundo Especial do Meio Ambiente (Fema). Os depósitos relacionados a contrapartidas ambientais - quando há liberação de corte de árvores para construção de prédios, por exemplo - ultrapassaram R$ 30 milhões só nos cinco primeiros meses deste ano. No mesmo período do ano passado, esse valor era de R$ 7,7 milhões. O incremento é de 290%.

Adriana Ferraz, O Estado de S.Paulo

06 Junho 2013 | 02h02

A legislação municipal prevê que o recurso oriundo de compensações seja utilizado exclusivamente na criação de novos parques públicos. A verba deve ser aplicada na desapropriação de terrenos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.