Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Com chuva, SP tem alagamento, granizo e vento a quase 100 km/h

Às 18 horas, cidade de São Paulo tinha 68 registros de quedas de árvores; rajadas de vento chegaram a 96,3 km/h e derrubaram teto de hangar no aeroporto do Campo de Marte

Redação, O Estado de S.Paulo

30 Janeiro 2019 | 18h59

SÃO PAULO - Uma forte chuva na tarde desta quarta-feira, 30, causou quedas de árvores e trouxe fortes ventos à cidade de São Paulo.  Às 18 horas, a capital registrava 15 pontos de alagamento nas zonas norte, oeste e central. 

Por causa da chuva, o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) chegou a decretar estado de atenção nas regiões norte, leste, oeste, central e nas Marginais do Pinheiros e do Tietê. Entre as 16 e as 17 horas, foi registrada queda de granizo no Horto Florestal e nos distritos de Santana e Tucuruvi, na zona norte, e na Sé e no Anhangabaú, no centro.

Foram registradas, ainda, fortes rajadas de vento que chegaram a 96,3 km/h no aeroporto do Campo de Marte, na zona norte, às 17 horas. No local, o teto do hangar privado Marte Updates chegou a cair sobre algumas aeronaves, mas não deixou feridos. Bombeiros da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) atuam no local. "No momento, o trabalho no local é para conter possível vazamento de combustível, além de monitorar novos riscos de desabamento", informou a Infraero por meio de nota.

Já na estação metereológica do Mirante de Santana, os ventos chegaram a 88,6 km/h. Além disso, o Córrego Paciência, na Avenida Edu Chaves, também na zona norte, chegou a transbordar por volta das 17h30.

Além disso, o Corpo de Bombeiros divulgou que, das 17h05 às 17h48, foi acionado para 68 casos de quedas de árvore, nove desmororamentos e 13 alagamentos. 

Segundo o CGE, as "áreas de instabilidade" foram formadas pelo calor e a entrada da brisa marítima. Após as 18 horas, contudo, a chuva já perdia força. A previsão é que a chuva e as temperaturas altas continuem nos próximos dois dias. Para quinta-feira, 31, a mínima é de 21ºC, enquanto a máxima é de 35ºC. Já a sexta-feira, deve ter variação entre 21ºC e 34ºC, com maior potencial de trovoadas e rajadas de vento. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.