Com baixas temperaturas, São Paulo decreta estado de atenção

Previsão é de apenas 9 ºC para esta terça-feira, dia 7

O Estado de S. Paulo

06 Maio 2013 | 21h03

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana decretou estado de atenção em São Paulo para a noite desta segunda-feira, dia 6, em função da baixa temperatura. Com sensação térmica inferior a 13ºC, os agentes municipais oferecem auxílio às pessoas em situação de risco a partir de ligações para o 199, telefone de emergência da Defesa Civil. A previsão é de a cidade registre menos de 10ºC nos próximos dias.

Às 18h desta segunda-feira, a temperatura era de apenas 16ºC na região do aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital. A madrugada havia sido a mais fria do ano, com temperatura mínima de 12,2ºC no Mirante de Santana, zona norte, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. O frio é resultado de uma forte massa de ar polar que está ganhando força sobre o centro-sul do País e vai fazer a temperatura baixar ainda ainda mais nas próximas madrugadas.

As baixas temperaturas, que durante a madrugada bateram recordes também em cidades como Rio, Curitiba, Florianópolis, Campo Grande e Cuiabá, deve ser apenas o início de uma sequência de uma semana gelada. Todas estas capitais devem estabelecer novos recordes nesta terça-feira, dia 7: no Rio, deve ser de 12ºC, de 6ºC em Curitiba, de 10ºC em Florianópolis e Campo Grande, e de 17ºC em Cuiabá).

Mais conteúdo sobre:
Frio Estado de atenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.