Com acidente, Marginal do Pinheiros tem 14,5 km de lentidão

Um caminhão atingiu uma motocicleta; o motoqueiro morreu na hora e o motorista do caminhão fugiu

Elvis Pereira, estadao.com.br

24 de julho de 2008 | 19h33

Um acidente, somado ao excesso de veículos, congestionava a Marginal do Pinheiros por 14,5 km, da Ponte João Dias até a Rodovia Castelo Branco, no sentido Interlagos, às 19 horas desta quinta-feira, 24. Perto da ponte, duas faixas centrais da marginal foram interditadas por volta das 16h30, após um caminhão atingir uma motocicleta. O motoqueiro morreu na hora. O motorista do caminhão fugiu. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a perícia está no local e não há previsão de liberação do trecho.  Veja tambémAcompanhe a situação do trânsito rua-a-rua Entenda as novas medidas contra o trânsito Conheça o histórico do trânsito na cidade  A fila de engarrafamento na Pinheiros era a pior registrada na cidade no horário. Em segundo, estava a Marginal do Tietê, com lentidão por 14 km na pista expressa, entre a Ponte dos Remédios e a Rua Azurita, no sentido da Rodovia Ayrton Senna.  No Corredor Norte-Sul (formado pelas Avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães), havia morosidade por 8,8 km no sentido Santana, entre o Viaduto General Marcondes Salgado e a Praça Campo de Bagatelle, e 7,2 km no sentido Aeroporto de Congonhas, da Praça da Bandeira até o Viaduto República Árabe Síria.  A Avenida dos Bandeirantes apresentava lentidão por 6,5 km no sentido da Rodovia dos Imigrantes, entre a Rua da Independência e o Viaduto Aliomar Baleeiro. Ao todo, a capital tinha 142 km de congestionamento, o equivalente a 17,1% dos 835 km monitorados pela CET. A média para o horário é de 22,5%.

Tudo o que sabemos sobre:
trânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.