Com 62,5% da chuva esperada para o mês, Cantareira tem queda

Com 62,5% da chuva esperada para o mês, Cantareira tem queda

Nível do manancial atingiu 9,3% a cinco dias de acabar novembro; instituto prevê chuvas a partir desta terça-feira, 25

O Estado de S. Paulo

25 Novembro 2014 | 11h38


SÃO PAULO - A cinco dias de acabar novembro, que até o momento teve 62,5% das chuvas esperadas para o Sistema Cantareira em novembro, o reservatório de água que atende 6,5 milhões de habitantes de Região Metropolitana de São Paulo e do interior registrou nova queda nesta terça-feira, 25. De acordo com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o nível do manancial atingiu 9,3% do nível atual já considerando os 105 bilhões de litros de água do segundo volume morto. A reserva técnica começou a ser usada pela companhia há um mês. 

De acordo com a Sabesp o mês de novembro acumula até o momento 100,7 milímetros de chuva sobre as represas que formam o manancial. A média história do mês é de 161,2 milímetros. Mas há previsão de chuvas para os próximos dias, de acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Deve chover entre esta terça-feira e a próxima quinta-feira, 27. Depois o tempo volta a ficar seco.


Mais conteúdo sobre:
Crise da água

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.