Com 168 km de trânsito lento, SP tem congestionamento recorde do ano pela manhã

Morumbi, no Ibirapuera, na República do Líbano e nos Jardins, mais de 30 semáforos estão sem energia

27 Abril 2012 | 09h59

Às 9h30 da manhã desta sexta-feira, São Paulo registrou o terceiro pior trânsito pela manhã da história: 168 km de vias congestionadas, ou 19,4% dos 868 km monitorados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

De acordo com a CET, além do excesso de veículos, da chuva e da saída para o feriado, a falta de energia colabora para o número recorde. No Morumbi, no Ibirapuera, na República do Líbano e nos Jardins, mais de 30 semáforos estão sem energia e agentes de trânsito ajudam a controlar o tráfego, de acordo com a CET. A expectativa é a de que até as 14h, a situação fique normal.

Em 2012, o pior índice pela manhã era de 150 km, medidos em 16 de abril. Em 2011, o recorde para o período foi de 157 km. O maior índice já registrado pela CET no período da manhã foi de 191 quilômetros, às 9h30 do dia 4 de novembro de 2004.

Interdições. Por causa da Fórmula Indy 300 no fim de semana, prova de automobilismo disputada em circuito de rua, algumas ruas estão bloqueadas: a pista local da Marginal do Tietê, no sentido Castelo Branco, entre as pontes da Bandeira e da Casa Verde, e a Avenida Olavo Fontoura, no sentido Santana, entre a rua Brazelisa Alves e a praça Campo de Bagatelle.

Mais conteúdo sobre:
trânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.