Com 1,5% da chuva do mês, Cantareira tem 25º queda consecutiva

Com 1,5% da chuva do mês, Cantareira tem 25º queda consecutiva

Reservatório registrou apenas 3,3 milímetros de chuva em dezembro

Rafael Italiani, O Estado de S. Paulo

09 Dezembro 2014 | 11h55

SÃO PAULO - Com apenas 1,5% de toda a chuva esperada para o mês de dezembro, o Sistema Cantareira, responsável por abastecer 6,5 milhões de pessoas, registrou nova queda e chegou a 7,7% da sua capacidade, nesta terça-feira, 9. Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), a diminuição foi de 0,1 ponto porcentual em relação ao dia anterior. 

Do início do mês da agora, foi registrado 3,3, milímetros de chuva no sistema, sendo que a média histórica do mês no reservatório, de acordo com a companhia, é de 220,9 milímetros. É o 25º dia consecutivo de perda no manancial desde que ficou estável em 10,8%, entre os dias 13 e 14 de novembro.

Os outros reservatórios também tiveram diminuição de nível. O Alto Tietê, que fornece água para 4,5 milhões de habitantes da Região Metropolitana de São Paulo e a capital atingiu a marca de 4,6% nesta quarta - queda de 0,1 ponto porcentual. O manancial teve registro de aumento no nível de água entre os dias 25 e 27 de novembro. Até agora, choveu 4,9% da média histórica de 192,8 milímetros no sistema. 

Na Represa Guarapiranga, que atende 4,9 milhões de pessoas e  que teve a capacidade de produção de água aumentada de 14 mil litros por segundo para 15 mil litros, também houve perda de água. Segundo a companhia o manancial passou de 31,8% para 31,6% entre esta quarta e o dia anterior.

Mais conteúdo sobre:
Crise da Água Sistema Cantareira Sabesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.