Divulgação
Divulgação

'Coloquei cocaína na boca. Na minha e na dele', diz mãe após matar o filho de 2 meses

Em vídeo gravado pela polícia, Nayara Fernando Bezerra, de 21 anos, afirmou que queria morrer; caso aconteceu em Cosmópolis

Rene Moreira, Especial para o Estado

06 de outubro de 2015 | 16h17

FRANCA - Em um vídeo feito pela polícia, Nayara Fernando Bezerra, de 21 anos, conta como deu cocaína para o filho, de 2 meses, na noite desta segunda-feira, 5. "Eu coloquei cocaína na boca. Na minha e na dele", descreveu. O caso aconteceu em Cosmópolis, interior de São Paulo.

Nayana afirmou ainda que já tinha ingerido cocaína outras vezes na tentativa de se matar, mas que esta teria sido a primeira vez que deu também à criança. Perguntada porque havia feito isso, ela respondeu: "Queria morrer".

A mãe disse que estava sozinha na casa, com uma faca na mão, quando seu companheiro chegou e ela contou tudo. "Achei que o meu marido ia me matar, porque entreguei a faca para ele." Porém, segundo Nayana, o rapaz "saiu correndo para a rua".

Em seguida, outras pessoas chegaram à casa e ameaçaram linchá-la. A polícia chegou e conseguiu controlar a confusão. Perguntada se havia visto o filho morrer, ela disse que não: "Dei a cocaína e deixei ele lá."

Nayana vive com o marido, com quem é casada há três anos, uma situação bastante conturbada, segundo descreve. "A gente briga, volta, briga volta..."

O bebê Vitor, de 2 meses, foi encontrado no banheiro já sem vida, com a boca espumando e 21 pinos de cocaína ao seu lado. O corpo foi levado para o Instituto médico-legal (IML) de Americana (SP) e o marido, chamado a depor na delegacia. 

Segundo a mulher, o marido teria dado cocaína para ela cheirar horas antes do ocorrido, o que teria colaborado para o trágico desfecho.

Tudo o que sabemos sobre:
Cosmópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.