Polícia Civil
Polícia Civil

Carro na contramão bate em van do Sampa Crew; 1 morre e 10 ficam feridos

Acidente aconteceu no sentido capital da Rodovia dos Bandeirantes, em Caieiras; um terceiro automóvel colidiu nos dois veículos

Felipe Cordeiro e Thaís Ferraz, O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2019 | 10h21
Atualizado 19 de agosto de 2019 | 16h40

SÃO PAULO - Uma colisão frontal entre um carro e uma van que levava integrantes da banda Sampa Crew deixou um morto e 10 feridos na Rodovia dos Bandeirantes na madrugada deste domingo, 18. O acidente aconteceu por volta das 3 horas no km 28, na altura de Caieiras, na Grande São Paulo. 

Segundo a Polícia Civil, o carro - um Fiat Uno - trafegava na contramão. A batida aconteceu no sentido capital da rodovia. Um terceiro automóvel - um Volkswagen Fox - vinha atrás, não conseguiu desviar e colidiu nos dois veículos. O motorista do Uno, Claudio da Costa Neves, estava sozinho e morreu.

Com as colisões, a van tombou, o Uno foi destruído e o Fox sofreu pequenos danos na lateral.

O vocalista do Sampa Crew, João Carlos da Costa de Aquino, conhecido como JC Sampa, o motorista do grupo e outros dois feridos foram socorridos e levados ao Hospital São Vicente, em Jundiaí, no interior paulista. Duas mulheres foram encaminhadas ao Hospital Sobam, também em Jundiaí.

Duas vítimas que estavam na van, em situação mais delicada, foram levadas pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital das Clínicas, na zona oeste da capital.

A polícia informou ainda que duas pessoas recusaram atendimento médico no local do acidente, mas foram por conta própria a uma unidade de saúde em Campo Limpo Paulista, no interior. O motorista do Fox não precisou de atendimento. 

Ziguezague e contramão

Uma testemunha que dirigia na Bandeirantes afirmou em depoimento à polícia que o Uno a fechou e quase provocou um acidente. Em seguida, passou a observar o comportamento do motorista, que trafegava em ziguezague pela rodovia. O carro chegou a bater na mureta de proteção da pista.

Ainda de acordo com o depoimento, no km 28, o Uno invadiu o canteiro central e saiu pela contramão da rodovia. A testemunha dirigiu até o retorno seguinte e presenciou o acidente entre o carro e a van do Sampa Crew.

A perícia foi realizada no local. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Caieiras como homicídio culposo na direção de veículo automotor e lesão corporal na direção de veículo automotor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.