Coisas de doido

Meio a meio

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2012 | 03h11

O Brasil está dividido: metade acha que o silêncio de Lula diz tudo; a outra metade pensa que isso não quer dizer nada. Dá até graças a Deus por ele estar calado!

Tem gente pra tudo

O movimento "Mela Mensalão" denunciado pelo ministro Gilmar Mendes organiza na internet a primeira marcha de simpatizantes da ideia. Capaz de juntar mais gente do que a Marcha das Vadias da semana passada.

Preconceito de bêbado

Os cachaceiros - ô, raça! - estão em polvorosa! Não sabem explicar muito bem por que, mas desconfiam que a compra da Ypióca pelo fabricante multinacional do Johnnie Walker vai fazer mal à pinga. Os mais exaltados já falam em CPI da Ypióca.

Ah, tá!

O Conselho de Direitos Humanos da ONU resolveu pedir o fim da Polícia Militar no Brasil. Depois reclama que ninguém lhe dá ouvidos!

Assim não dá!

Não sei se você reparou, mas Gilmar Mendes gritou "pega ladrão" em Brasília e ninguém correu! Desse jeito fica difícil pegar os caras!

Nem é bom falar

Demóstenes Torres lembrou bem no Conselho de Ética o verso de Ismael Silva "nem tudo que se diz se faz!" No caso do senador, inclusive, vice-versa!

Ninguém é perfeito

"WAGNER MOURA,

PEDE PRA SAIR!"

Capitão Nascimento, ouvindo o tributo do ator a Renato Russo no bota-fora da Legião Urbana na MTV.

A rapaziada está confusa! Afinal de contas, o cara que no futuro cultivar maconha para consumo próprio valendo-se das mudanças no Código Penal poderá ser multado com base no novo Código Florestal quando cismar de queimar toda a plantação numa social com amigos?

Por dúvida das vias, já tem maconheiro politicamente correto por aí - os da USP e do Posto 9 de Ipanema, em especial - reservando parte da gaveta onde pretende plantar sua ervinha particular para implementação das chamadas Áreas de Preservação Permanente (APPs) com pés de orégano, manjericão, alecrim e outras espécies nativas da horta.

Não deve ser fácil para quem fuma esse troço - ô, raça! - acompanhar o debate legislativo frenético em curso no Congresso, com todas essas questões discutidas simultaneamente ao bate-boca político em destaque no noticiário.

Se careta já é difícil entender, imagina chapado!

O suposto conflito de códigos aqui relatado não faz, evidentemente, qualquer sentido, mas também não parece nada tão absurdo de se imaginar quanto o último encontro entre Lula e Gilmar Mendes em Brasília. Acho que estamos todos ficando doidos!

Sorte de quem consegue esquecer, né não?

Bob espelho

Linda a homenagem que

Bob Dylan prestou a

Zé Bonitinho ao receber

de Barack Obama a Medalha da Liberdade caracterizado como o famoso personagem do comediante Jorge Loredo!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.