Clube nasceu como local para futebol

Maior clube de São Paulo, o Esporte Clube Pinheiros, no Jardim Europa, zona sul, foi fundado pelo alemão Hans Nobiling (1877-1954) em 1899, com o nome Sport Club Germânia. Para criar o que seria só um clube de futebol, Nobiling tinha ao lado dezenas de amigos portugueses, espanhóis e italianos - tanto que a primeira opção de nome para a equipe foi Sport Club Internacional.

/ DIEGO ZANCHETTA, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2012 | 03h01

Mas Nobiling queria que o time levasse o nome de Germânia. Voto vencido após dias de discussão, o alemão se afastou do grupo e, menos de um mês depois, criou com os irmãos Wahnschaffe sua própria esquadra. O Sport Club Germânia disputou 26 vezes o Campeonato Paulista e conquistou o título nos anos de 1906 e 1915.

Ao longo da 2.ª Guerra Mundial (1932-1954), porém, o governo brasileiro proibiu que clubes levassem nomes de nações. Dessa forma, surgiu no começo dos anos 1940 o Esporte Clube Pinheiros. O futebol foi deixado de lado e o local passou a desenvolver equipes de esportes amadores da época, como natação e basquete.

Hoje o Pinheiros ocupa uma área de 170 mil m² em uma região nobre da capital. Atletas olímpicos, como o nadador César Cielo, treinam no clube, que comemora seu aniversário no Dia da Independência do Brasil. No próximo 7 de setembro, o Pinheiros vai completar 113 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.