Clientes foram obrigados a deitar no chão

Um grupo de oito assaltantes obrigou alguns clientes de um restaurante a deitarem no chão e levaram seus pertences na noite de anteontem, no Brás, região central de São Paulo. O crime aconteceu na tradicional Cantina do Gigio, no número 254 da Rua do Gasômetro.

O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2012 | 03h01

Os bandidos portavam uma pistola e um revólver e alguns deles aparentavam, segundo testemunhas, ser menores de 18 anos. "Foi tudo muito rápido. Tirando a pressão psicológica que eles fizeram, não teve violência", disse um funcionário do estabelecimento, que pediu para não ser identificado.

Os criminosos levaram um iPad, um iPod, R$ 2.250. três relógios, uma câmera fotográfica, além de bolsas, mochilas e outros pertences das vítimas. Os bandidos fugiram na direção do centro, em um Celta.

Na fuga, de acordo com a polícia, os criminosos atiraram para o alto. Queriam assustar quem decidisse segui-los. Ninguém saiu ferido. Dez clientes e funcionários prestaram queixa no 8º Distrito Policial (Belém).

Na delegacia, as vítimas foram orientadas a fazer reconhecimento fotográfico dos suspeitos no banco de dados da Polícia Civil. Até o fim da tarde de ontem, nenhum dos criminosos havia sido preso. /ARTUR RODRIGUES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.