Circulação na Linha 7 da CPTM é totalmente normalizada

Operações foram suspensas após falha, o que causou tumulto e depredação de ao menos duas estações

Ítalo Reis, estadão.com.br

29 Março 2012 | 16h22

SÃO PAULO - A circulação de trens na Linha 7-Rubi (Luz-Jundiaí) foi totalmente normalizada por volta das 15h desta quinta-feira, 29, após uma falha elétrica que deixou as operações suspensas pela manhã, segundo informou a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A paralisação provocou protesto entre passageiros, que depredaram duas estações do ramal.

O defeito no sistema de alimentação elétrica ocorreu por volta das 7h na região da Estação Luz, no centro de São Paulo. Com a falha, as estações da Linha 7 ficaram lotadas e algumas foram fechadas. O tumulto fez com que alguns usuários forçassem a porta e invadissem a Estação Francisco Morato, onde bilheterias foram incendiadas e catracas e câmeras de seguranças, quebradas. A situação se repetiu em Caieiras.

A Polícia Militar foi acionada para conter o ataque e chegou a usar gás de pimenta para dispersar os passageiros. A situação nas portas das estações só foi normalizada por volta das 10h e a Estação Francisco Morato permaneceu fechada até o restabelecimento total das operações. Uma hora antes, os trens voltaram a circular parcialmente, entre a Luz e a Estação Baltazar Fidélis e entre Campo Limpo Paulista e Jundiaí.

Para atender o trecho entre Baltazar Fidélis e Campo Limpo, foram acionados os ônibus do Plano de Apoio Entre Empresas Frente a Situações de Emergência (Paese). A operação também foi suspensa com a volta do funcionamento da Linha 7-Rubi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.