CINCO PERGUNTAS PARA... Itamar Gonçalves, coordenador de projetos da Childhood Brasil, organização de combate à violência sexual

1.O que representa uma personalidade como a apresentadora Xuxa ter revelado que sofreu abusos sexuais? O mais importante em um caso como esse é mostrar que a violência sexual não está restrita a uma faixa da população. Independentemente de sua classe econômica, as crianças e os adolescentes estão sujeitos a essa violência.

O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2012 | 03h04

2.Ela revelou publicamente 36 anos após o último abuso ter ocorrido. É comum as vítimas demorarem a falar? Algumas pessoas vão passar a vida toda sem revelar essa situação. O mecanismo de defesa para muitas delas é fingir que o abuso não aconteceu. Ao dissociar o corpo do sentimento, porém, os jovens comprometem o próprio desenvolvimento.

3. Qual é o papel da família em casos de abuso de crianças e adolescentes? Infelizmente, as famílias não conversam sobre a sexualidade. Esse assunto ainda é um tabu em muitas casas, mesmo porque muitas vezes o abusador faz parte da família, Quando isso ocorre, um pacto de silêncio é formado, o que não é certo. Cabe aos adultos protegerem as crianças.

4. As denúncias estão mais frequentes? Elas crescem a passos lentos. Sabemos que as denúncias são apenas a ponta do iceberg. Os casos são muito mais numerosos, e a responsabilização ainda é pequena.

5.Por que esse número de denúncias ainda é tímido? Existe uma tendência de responsabilizar a criança pelo abuso. Ela se sente envergonhada e culpada pelo que aconteceu. É por isso que atitudes como as de Xuxa, que colocam luz sobre a questão, são importantes. /JULIANA DEODORO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.