Cinco perguntas para...

Artur Oliveira, DIRETOR DA HAZTEC, EMPRESA DE TECNOLOGIA E PLANEJAMENTO AMBIENTAL

Edison Veiga, O Estado de S.Paulo

02 Março 2011 | 00h00

1. Qual o melhor jeito de tratar do problema do lixo?

A primeira questão a ser trabalhada é a diminuição na geração de resíduos. Também é importante o desenvolvimento de políticas públicas que visem a reutilização do lixo que é produzido.

2. Quais são os principais problemas da maneira como o lixo é tratado hoje?

O despejo de resíduos nos lixões cria impactos diretos à saúde da população e ao meio ambiente.

3. Aquela conta clássica que diz que um ser humano produz, em média, 1 kg de lixo por dia se aplica aos dias de hoje, com tantas mudanças sociais e tecnológicas?

Sim, mas existe a tendência de que essa quantia aumente com o poder aquisitivo.

4.Quais os principais problemas enfrentados pelos profissionais que trabalham com o lixo?

Esses profissionais vivem constantemente em um ambiente de total insalubridade, expostos a doenças.

5.Por que reciclamos tão pouco?

Para que o País aumente os índices de reciclagem é preciso que haja evolução nas políticas públicas de coleta do lixo. A reciclagem só é economicamente viável se houver coleta seletiva eficaz. Essa prática também ajudaria a aumentar o tempo de vida útil dos aterros sanitários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.