Cinco perguntas para...

Cinco perguntas para...

Diana Dantas, O Estado de S.Paulo

15 Setembro 2010 | 00h00

Patricia Penna

Criadora e organizadora do evento Design na Brasa, que debate o design sustentável

1. Qual o objetivo de debater o design sustentável? Queremos motivar alunos e professores de Design a pensar sobre o tema. Conseguir que o público tenha uma visão melhor do design. Neste ano, recebemos até alunos de uma escola de ensino médio.

2. Por que o tema do evento neste ano foi São Paulo, a capital do design sustentável? São Paulo foi a primeira capital brasileira a ter a lei do Dia do Design Sustentável. Como também sou delegada no setor de Design no Ministério da Cultura, que aprovou cinco eixos para a criação de projetos na área, queríamos pegar todas essas diretrizes e criar projetos para São Paulo com apoio do poder público e da iniciativa privada.

3. Por que o nome "Design na Brasa"? Surgiu num churrasco que eu e mais alguns amigos designers fizemos. Mas mantivemos o nome porque nos importamos cada vez mais em buscar soluções ambientais. A questão está no calor da discussão.

4. Qual é o objetivo agora? A ideia é reunir estudantes, profissionais e até empresários em fóruns de discussão para estimular a criação de projetos que coloquem em prática as diretrizes, começando por São Paulo.

5. Como foi o evento? Tivemos várias mesas de palestras. Um dos assuntos foi o que fazer com óleo de cozinha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.