Cinco estupros acontecem por hora no País

Número é menor do que o total de registros em 2014, mas ainda é preocupante, segundo especialistas

Marco Antonio Carvalho, O Estado de S. Paulo

03 Novembro 2016 | 03h00

O Brasil registrou 45.460 casos de estupro em 2015, ou cinco ocorrências por hora. Apesar de representar uma retração em relação a 2014, quando foram registradas 4.978 ocorrências a mais, o patamar é considerado preocupante pelos especialistas e pode ser muito maior.

De acordo com o levantamento, metodologia aplicada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) permite estimar que os casos sejam até dez vezes mais frequentes, chegando a 454 mil agressões. 

“O crime de estupro é aquele com a maior taxa de subnotificação, então é difícil avaliar se houve uma redução da incidência”, disse a diretora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno. “Pesquisas de vitimização indicam que os principais motivos para não reportar o crime às polícias são o medo de sofrer represálias e a crença que a polícia não poderia fazer nada.”

Mais conteúdo sobre:
BrasilIpea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.