CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO
CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

Cidade de São Paulo registra maior chuva em quatro meses

Precipitação até as 15 horas foi de 25 milímetros; capital paulista não tinha um acumulado tão grande desde 17 de abril deste ano

O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2015 | 17h34

SÃO PAULO - A chuva que atingiu a cidade de São Paulo nesta quinta-feira, 27, foi a maior desde abril. Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mostram que choveu 25 milímetros, da manhã até as 15 horas desta quinta, na estação meteorológica do Mirante de Santana, na zona norte da capital. A cidade não tinha um acumulado tão grande desde 17 de abril de 2015, quando a precipitação foi de 37,2 mm.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura registrou pluviometria média na capital paulista entre as 7h e 13h foi de 18 mm, valor que corresponde a 71% da média histórica para agosto, que é de 25,4mm. Os dados serão atualizados às 19 horas e devem ultrapassar toda a média para o mês.

Por conta da chuva e da mudança na direção dos ventos causada pela chegada da frente fria, a temperatura permaneceu abaixo dos 20ºC durante o dia, sendo as maiores de 19,4ºC no Butantã, na zona oeste, e 19,3ºC no Tucuruvi, na zona norte.

Transtorno. O tempo chuvoso afetou a circulação de trens do Metrô e causou congestionamentos acima da média em São Paulo na manhã desta quinta-feira. As linhas 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás do Metrô operaram com velocidade reduzida por volta das 12 horas.

A cidade também registrava 135 quilômetros de lentidão no mesmo horário, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O valor representa 18% das vias monitoradas pela CET e é superior à média para o horário (7,5%).

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaSão Paulocongestionamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.