Cidadão quer ar limpo

Não é só a poluição das águas que incomoda o paulistano. Em 2011, o limite tolerável de ozônio - um dos principais poluentes do ar da cidade - foi ultrapassado em 96 dias, o maior número verificado desde 2002. Entre as ideias sugeridas para combater esse problema estão a construção de ciclovias, o incentivo a carros elétricos e ao transporte público e o aumento do rigor na inspeção veicular.

O Estado de S.Paulo

25 Janeiro 2013 | 02h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.