Ciclofaixa liga Paulista e Ibirapuera no domingo

Novo trecho de 19 km (ida e volta) vai unir a rota da zona sul à do centro de SP

RODRIGO BURGARELLI, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2012 | 02h06

A partir de domingo, a cidade vai ganhar um novo trecho de Ciclofaixa de Lazer. Com 19 km ida e volta - ou 9,5 km em cada sentido -, o novo ramal vai interligar o circuito Sul/Oeste (que passa pelos Parques do Ibirapuera, do Povo, Villa-Lobos e do Chuvisco) ao Paulista/Centro. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) divulgou ontem o mapa do trajeto.

Agora, será possível pedalar por avenidas como a Brigadeiro Faria Lima e os parques onde a ciclofaixa começou a funcionar e seguir até os pontos turísticos do centro, como o Teatro Municipal e a Estação da Luz, sem sair da via exclusiva para os ciclistas. Assim como as outras, ela vai funcionar todos os domingos e feriados, das 7h às 16h.

O novo trecho passará pela Rua Vergueiro e pelas Avenidas Domingos de Morais, Jabaquara e Indianópolis, na zona sul. Na Indianópolis haverá a conexão ao circuito Sul/Oeste da Ciclofaixa de Lazer, próximo do Parque das Bicicletas - atualmente, ele está quase todo ocupado por um canteiro de obras do Metrô, que está construindo ali a continuação da Linha 5-Lilás. O circuito Paulista/Centro terá sua conexão com a nova ciclofaixa na Rua Vergueiro.

Metrô. Segundo a CET, a nova ligação será importante pois vai facilitar a entrada e saída de passageiros do metrô aos domingos, quando o trânsito de bicicleta é liberado em todos os horários. No trajeto, estão situadas as Estações Paraíso, Ana Rosa, Vila Mariana, Santa Cruz, Praça da Árvore, Saúde e São Judas, todas da Linha 1-Azul.

Entre os pontos de interesse listados pela companhia no entorno estão o Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo, o Shopping Santa Cruz, a Paróquia São Judas Tadeu e o Esporte Clube Sírio.

Toda a extensão do trecho a ser inaugurado será junto ao canteiro central das ruas e avenidas. Uma das faixas para carros será reservada apenas para o tráfego de bicicletas e separada das outras por cones. Agentes vão monitorar o trecho. Por causa disso, três trechos da Avenida Indianópolis serão bloqueados ao trânsito: nas Alamedas dos Ubiatans, dos Guaramomis e dos Jurupis.

Nenhuma linha de ônibus terá de ser remanejada por causa da nova ciclofaixa. Dez semáforos estão sendo instalados pela CET e estarão prontos até o fim de semana. Oito deles são direcionados aos ciclistas e dois, aos veículos que cruzam o trajeto.

Rede. A Prefeitura afirma que, após a inauguração desse novo ramal da Ciclofaixa de Lazer, a malha cicloviária da cidade chega a 230,2 km. Desse total, 108,5 km são de Ciclofaixas de Lazer, que só funcionam aos domingos e feriados, e o restante de ciclorrotas, ciclovias e ciclofaixa definitiva, aberta aos ciclistas todos os dias.

Números. Grupos de ciclistas, porém, contestam esses números e dizem que a Prefeitura computa o dobro do tamanho das estruturas, já que no cálculo oficial entram os quilômetros de ida e de volta, somados.

A Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade), por exemplo, afirma que a cidade tem apenas 47,6 km de estruturas cicloviárias exclusivas, como as ciclovias e ciclofaixas permanentes - as únicas que estão previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Outros 54,5 km dizem respeito ao trânsito compartilhado com sinalização (as ciclorrotas).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.