Ciclista fura sinal e morre em colisão com micro-ônibus

Adolescente atravessou o sinal vermelho no cruzamento das Avenidas Jardim Japão e Júlio Buono, na zona norte

RICARDO VALOTA, O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2012 | 03h03

Um adolescente de 13 anos morreu e um colega dele ficou ferido, após a bicicleta em que os dois estavam colidir, por volta da 0h30 de ontem, contra um micro-ônibus da linha 172Y/10 (Metrô Belém-Jardim Constança), da Viação Transcooper, no cruzamento das Avenidas Jardim Japão e Júlio Buono, no Jardim Japão, zona norte da capital paulista.

Segundo o motorista, o micro-ônibus trafegava pela Avenida Júlio Buono e a bicicleta, que descia a Avenida Jardim Japão, não respeitou o semáforo, atingindo a lateral do coletivo na porta. Encaminhado para o pronto-socorro do Mandaqui, um dos adolescentes morreu. A outra vítima, ferida, foi para o pronto-socorro da Vila Maria. O caso foi registrado no 73.º DP, do Jaçanã.

Outros casos. Há um mês, um ciclista atravessou um sinal vermelho na Avenida Vital Brasil, no Butantã, zona oeste de São Paulo. Ele precisou ser internado, com várias fraturas, no Hospital das Clínicas.

Em março, uma ciclista de 33 anos morreu perto do cruzamento da Avenida Paulista com a Rua Pamplona. Para desviar de um ônibus que fazia uma ultrapassagem, ela se desequilibrou, caiu e acabou atropelada e morta por outro coletivo. A bióloga Juliana Dias era pesquisadora do Hospital Sírio-Libanês e seguia da Vila Mariana para o trabalho. O caso ocorreu a poucos metros do local onde a massagista Márcia Prado foi atropelada e morta por um ônibus, em 2009. Juliana era cicloativista e saía com grupos para plantar árvores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.