Ciclista assaltante leva a pior ao trocar tiros com a PM na zona oeste de SP

Criminoso já havia realizado cinco assaltos na região, todos na noite de segunda-feira, 29

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

29 Março 2011 | 03h34

SÃO PAULO - Acostumado a assaltar motoristas em semáforos na região da Vila Leopoldina, na zona oeste de São Paulo, José Wesley da Silva, de 31 anos, desta vez findou sua jornada criminosa após pelo menos mais cinco assaltos, todos na noite de segunda-feira, 29, na avenida Queiroz Filho, uma das principais no entorno do Ceagesp.

 

Ao trocar tiros com policiais militares das Rondas Ostensivas com Auxílio de Motocicleta (Rocam), que faziam uma blitz na região e foram alertados pelas próprias vítimas no momento em que elas passaram pelo bloqueio, Silva foi baleado e morreu a caminho do Hospital das Clínicas (HC).

 

De bicicleta e armado com um revólver, Wesley, que já tem passagens por furto, roubo e porte ilegal de arma, abordava os motoristas nos semáforos.

Segundo os policiais militares que se envolveram no tiroteio - ocorrido na avenida José César de Oliveira, próximo à avenida Queiroz Filho - Wesley teria realizado pelo menos cinco roubos somente na noite de ontem.

 

Outros casos de assalto na região já haviam sido registrados durante o dia, mas não se sabe ainda se o ciclista assaltante se envolveu em algum deles.

 

Com o criminoso, os policiais apreenderam uma mochila, contendo carteiras, celulares, relógios e outros objetos roubados dos motoristas. O caso foi registrado no 91º Distrito Policial, do Ceasa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.