Sérgio Neves/Estadão
Sérgio Neves/Estadão

Chuvas intensas causam alagamentos na cidade de São Paulo

Itaquera é a região mais afetada; cidade tem 6 pontos de alagamentos - quatro deles intransitáveis, segundo o CGE

O Estado de S. Paulo

10 Dezembro 2014 | 17h03

Atualizada às 18h29

SÃO PAULO - As chuvas que atingem São Paulo na tarde desta quarta-feira, 10, deixaram toda a capital em estado de atenção para alagamentos. A região de Itaquera, onde houve registro de chuva mais intensa, chegou a ficar em estado de alerta até as 18 horas. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o córrego Verde, nas imediações da Avenida Jacu-Pêssego com a Avenida Imperador, transbordou. 

Os bairros mais afetados pelo temporal foram São Miguel Paulista, Itaim Paulista, Guaianases, Itaquera, Cidade Tiradentes, Vila Prudente e São Mateus. Segundo o Corpo de Bombeiros, um veículo foi arrastado pelas águas de enchente na esquina da Avenida Líder com a Avenida Itaquera. Não houve vítimas. 

De acordo com meteorologistas do Centro de Gerenciamento de Emergências, a tendência é de que as chuvas se desloquem gradualmente para a região do ABC paulista e Mogi das Cruzes.

Por volta das 18h, a cidade tinha nove pontos de alagamentos, sendo dois - na Rua Tomazzo Ferrara e na Rua Pedre Viegas de Menezes - intransitáveis. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), por volta das 18 horas, a cidade registrava 168 km de lentidão, acima da média superior prevista para o horário. 

Previsão. A quinta-feira, 11, começa com sol, mas deve ter chuva na forma de pancadas generalizadas na parte da tarde. A máxima é de 30ºC. Na sexta-feira, 12, a chuva persiste e a umidade do ar fica cima dos 70%.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.