Prefeitura de Adamantina/Divulgação
Prefeitura de Adamantina/Divulgação

Chuvas deixam desabrigados e cidade em emergência no interior

Com a previsão de mais chuvas, a Defesa Civil monitora o nível do Rio Capivari e mantém as famílias de prontidão para desocupar a região

José Maria Tomazela , O Estado de S.Paulo

02 de março de 2019 | 12h20

SOROCABA - As chuvasdeixaram cerca de 30 pessoas desabrigadas e grande parte da cidade de Capivari, interior do estado de São Paulo, em estado de alerta, neste sábado, 2. O Rio Capivari, que passa pela área urbana do município, registrou pontos de transbordamento em consequência das chuvas.

Os desabrigados foram levados para o Centro de Ginástica municipal. No bairro Moreto, o mais atingido, algumas famílias fecharam as casas e foram para as residências de parentes. Com a previsão de mais chuvas, a Defesa Civil monitora o nível do rio e mantém as famílias de prontidão para desocupar a região. Há pontos de alagamentos também no bairro Santa Rita de Cássia.

Em Adamantina, o prefeito Márcio Cardim (DEM) decretou situação de emergência na noite desta sexta-feira, 1.º, devido aos estragos causados pelas chuvas intensas que atingiram o município. As enxurradas abriram uma grande cratera no Parque dos Pioneiros e a área foi interditada. Segundo a prefeitura, houve danos no Conjunto Habitacional 'Adamantina O', localizado no Parque Itamarati. A força da enxurrada, combinada com inundações, arrancou o asfalto e danificou galerias de águas pluviais. "O decreto autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação do Conselho Municipal de Defesa Civil nas ações de resposta ao desastre", informa a prefeitura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.