Chuvas deixam 15 famílias desabrigadas na Baixada Santista

A expectativa é que na Baixada Santista, onde já chove há 12 dias, continue chovendo até domingo

Rejane Lima, de O Estado de S. Paulo,

31 de julho de 2009 | 15h24

Quinze famílias estão desabrigadas desde a última quarta-feira, 29, em Mongaguá, na Baixada Santista, por causa das chuvas que há 12 dias caem na região.

 

Veja também:

linkChuva atinge regiões Sul e Sudeste nesta sexta

linkSão Paulo tem chuva recorde em julho, mas ar ainda está ruim

linkPrevisão do tempo na sua cidade

 

Com a cheia do rio Barranco Alto, moradores dos bairros Agenor de Campos, Balneário Jussara e Flórida Mirim, tiveram suas casas invadidas por pelo menos 20 cm de água. Dez famílias estão abrigadas em casa de parentes e amigos e cinco permanecem alojadas no estádio Arthurzão, em Agenor de Campos. A expectativa é que continue chovendo na Baixada Santista até domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.